Translate / Traduza

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Outros Altares - Pastor Olavo Feijó

A Medida Do Dom De Cristo  |  Pr. Olavo Feijó


Efésios 4:7 - Mas a graça foi dada a cada um de nós segundo a medida do dom de Cristo. 

O cristianismo é apresentado por Paulo como um padrão consciente e voluntário de viver. Por isso, cristãos são ensinados a “viver em Cristo” e, não, a apenas repetir práticas “religiosas” que nada nos valorizam espiritualmente. “Mas a graça foi dada a cada um de nós segundo a medida do dom de Cristo (Efésios 4:7).

A revelação bíblica nos ensina que “desde antes da criação do mundo” o Senhor quis transformar simples criaturas humanas em “filhos de Deus”. Esta capacitação, diz o Evangelho de João é conferida a todos os humanos que aceitam Jesus como o Cristo, o Filho Único, através de quem o Criador vai chegar ao ponto definitivo da Sua obra, com o “novo céu e a nova terra”. Todo humano que exercita esta fé transforma-se em parte integrante do “corpo de Cristo”, já que “Cristo é tudo em todos”.

Pertencemos à família de Cristo. Somos membros do “corpo de Cristo”. Consequentemente, cada um de nós recebe, quando aceita a Cristo, uma função própria, um dom a ser desenvolvido. Quando a Bíblia declara que “ninguém vive para si ou morre para si”, ela está reafirmando o significado orgânico de “viver em Cristo”. Ninguém é mais importante que ninguém. Ninguém é menos importante que ninguém. Em Cristo, somos todos dotados, todos valorizados, todos responsabilizados. É a medida do dom de Cristo. 

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Não relaxe!


Não relaxe...


Muitos de nós vamos deixando aos poucos nossos costumes e hábitos e aderindo aos dos grupos aos quais nos anexamos durante nosso trajeto na vida. Com isso deixamos de praticar pequenas atitudes que mostram o que somos e acabamos por perder nossa Identidade. Mas embora esta perda seja ruim, pior seria se fosse na nossa vida espiritual. E infelizmente muitos entre nós tem se permitido abrir mão da Fé em pequenas atitudes. E são nas pequenas atitudes que minamos a nossa Fé.
 Infelizmente culpamos os outros por decisões que nos são pessoais e assim, vamos perdendo nossa essência. Martinho Lutero em um de seus sermões falou sobre isso e chegou à conclusão que quando relaxamos em nossa comunhão diária, perdemos nossa alma. Conhece a História? Bem, em sua Parábola Martinho Lutero descreveu um cenário imaginário onde havia uma reunião de anjos do mal. Era uma comemoração e cada um deles deveria contar suas proezas. 
O primeiro declarou altivo:
– Pus em liberdade os animais do deserto, disse um, sobre uma caravana de cristãos; os seus ossos jazem agora sob as areias do deserto.
– Qual a vantagem?, disse Satã. – As suas almas foram salvas.
O outro acreditando que sua missão era maior, orgulhoso, esmerou-se nas palavras:
– Impeli o vento leste sobre um navio repleto de cristãos, disse outro, e foram todos para o fundo do mar.
– Grande vantagem!, disse Satã. – Também as suas almas foram todas salvas.
Um outro, vendo que as proezas dos outros emissários tinham sido esnobadas pela falha, disse excitante:
– Durante dez anos procurei convencer uma pessoa a desleixar-se com respeito a sua alma, disse um terceiro, e fui bem sucedido. Agora ele é nosso.
A reação do diabo agora foi outra. Ele  soltou um grito de alegria, e "as estrelas noturnas do inferno cantaram de júbilo". 

Ao que Lutero concluiu: Certamente o pecado do desleixo e criminosa displicência espiritual têm feito mais para enfraquecer a Igreja do que as perseguições aos pecados dos quais tanto ouvimos. "Ai dos que andam à vontade em Sião!"

Pense nisto e viva bem. 

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Uma conversa ao pé do ouvido



Bom dia amados. Amados por nós e amados por Deus.
Hoje vamos conversar sobre nosso relacionamento virtual, mas verdadeiro.
Queremos saber se vocês têm acompanhado nossas conversas e Mensagens, se têm curtido nossa Página no Facebook e acompanhado nossas postagens por lá.
Queremos saber se estão satisfeito com o que têm lido aqui e se podemos fazer algo para tornar o nosso convívio mais prazeroso.
Também queremos informar que estamos nos preparando para a nossa Página Oficial na Web, não mais como um site restrito, na Plataforma Google, mas um mais amplo, embora continuemos por aqui, afinal, foi por este canal que chegamos aos mais de 200 mil acessos.
Também estamos abrindo espaço para encontrar pessoas desaparecidas. Isto por termos sido sondado por pessoas que estão procurando parentes e amigos.
Sendo assim, aguardem novidades e envie suas sugestões por e-mail: eliselorena@yhaoo.com.br
Tenha um dia maravilhoso e medite nesta Mensagem, Guerreiro ou Covarde, do Diácono Carlos Alexandre.

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Uma mulher audaciosa - Pr. Sergio

 Esta mulher nos deu uma lição maravilhosa de crer no que parece não merecer crédito.

E ela foi abençoada com a presença do Senhor no lugar onde estavam escondidos os seus seguidores.

Sabe quem é?

Corajosa, seu nome já foi confundido com outros, suas atitudes já foram depreciadas e é atribuído a ela m pecado que nunca cometeu...

E aí? Já sabe de quem se trata?
Ela é Maria...

Maria foi uma mulher além de seu tempo. Entendeu qual era a sua chamada e não fez alarde disto, simplesmente viveu seu ministério junto a Cristo e depois junto aos discípulos. Corajosa, não se deixava intimidar pelo que os outros pensavam dela, seguia seus objetivos com firmeza e por este motivo entrou para a História do evangelho.
Leia mais sobre ela aqui: 
Maria

domingo, 26 de outubro de 2014

Sobre ser bom - Pr Sérgio

  
Infelizmente as pessoas vivem de forma a agradar aos outros. E este costume caracteriza a maior 'fabricação' de máscaras do mundo. Todos se utilizam de atitudes e fazem escolhas que agrada os outros, sem importarem em ser verdadeiros em suas escolhas. 
Vejo isto quando as pessoas me criticam por minhas escolhas enquanto pastor, por minhas atitudes enquanto homem de negócio, por meu proceder como pai ou amigo. As pessoas amam colocar seus olhos sobre minha vida e esperam que eu aja como eles querem. E isto prova apenas que não me conhecem. Não nasci para agradar ninguém, exceto ao meu Deus, por quem sou apaixonado e a quem dediquei minha vida e abri mão de uma vida mundana de privilégios, para servi-lo de forma sincera. Só a Deus devo satisfação e sempre estou conversando com Ele sobre minhas escolhas.
Continue lendo... 

sábado, 25 de outubro de 2014

Convite Especial

É hoje!

Você não pode perder!



Hoje ministrará na IPCO de Guaianases o Evangelista Valter.






O Endereço: Rua Moreira Neto, n.283, Jardim do Divino, Guaianases, São Paulo, próximo à Estrada Poá Guaianases. 

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

A Lição da Formiga



6 - Observe a formiga, preguiçoso, reflita nos caminhos dela e seja sábio!
7 -  Ela não tem nem chefe, nem supervisor, nem governante,
8 -  e ainda assim armazena as suas provisões no verão  na época da colheita
ajunta o seu alimento. (Provérbios 6)

Conheço o versículo 6 desde muito nova e não me é uma lembrança nada agradável, mas que sempre me fez pensar no propósito de vida destes serezinhos tão pequeninos, mas tão temíveis. Via-os, em Carreira destruírem a horta de meu avô, que as seguia pelo Bairro todo até chegar ao seu formigueiro e aplicar-lhe Formicida Pica-pau.  Certo é que peguei medo delas quando fui atacada na Infância por algumas e como vivo em Manaus e elas são insetos de Verão e aqui é sempre quente, não escapo de umas boas picadas, às vezes até dormindo. Mas, esqueçamos e tudo bem que não gosto de Formigas, embora elas me amem ou odeiem, sei lá.  E tirando estas atribuições humanas às pobres formigas, que não estão dispostas esperar que eu morra para me levar para suas casinhas, gosto de observá-las em suas viagens. As formigas levam folhas enormes e grãos que não sabemos como aguentam! Não desanimam com o vento, não se importam se é pesado e não fica imaginando se determinada carga vai ou não entrar em sua toca. Ela faz o seu serviço mesmo que exista por perto uma dona de casa ´desalmada´ armada de um inseticida ou pó de cânfora para espantá-las. Continuam sua tarefa diária sem se importar com nossa interferência e vivem como se nós é que ocupássemos os espaços delas.
E você já pensou nas qualidades da formiga?

  • Ela divide em pedaço menor a carga que levará para sua casa. É Inteligente.
  • Faz a sua parte. Mesmo que seja a pior, sem reclamar e divide com as demais a alegria da conquista. É Sábia.
  • Ela não desanima por causa do vento ou do tamanho de sua carga. É Perseverante.
  • Ela divide com as outras o trabalho de transportar a carga ao final e, juntas, conseguem diminuir a pedaços que cada uma possa levar para dentro de casa, reconhecendo suas limitações. É Humilde.
  • Não reclama do tamanho da carga. Simplesmente a leva, ciente de sua responsabilidade para com o grupo. É Responsável.
E nós? Somos como a Formiga? Será que não reclamamos do peso de nossa cruz? Será que não reclamamos quando outros chegam junto à um Projeto que iniciamos de forma solitária? Será que sabemos dividir com os outros as nossas necessidades e fraquezas? Será que somos responsáveis por nossa parte no Projeto? Será que somos mesmo bons Obreiros da Grande Seara? Ou somos folhas secas levadas pelo vento?
   

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Game Over

Você perdeu a Batalha!
"Arremete sobre mim e mata-me, pois me sinto vencido de cãibra" (II Samuel 1:9).


Saul foi derrotado, antes de tudo, pelo cansaço. Seu corpo físico, de guerreiro, depois de muitas Batalhas, sucumbiu ao cansaço e ele se viu fraco demais para lutar. Digo fisicamente, pois em espírito à muito ele tinha perecido.
E quando observamos as derrotas ocorridas ou sugeridas na Bíblia, percebemos que para o homem é fácil cair em coisas que ele não nota, as pequenas raposas...

  •  Esaú foi vencido pela fome. Voltou do campo sem a caça esperada e trocou sua Primogenitura por um prato de Lentilhas.
  • Roboão foi vencido pelas amizades e seus conselhos malignos.
  • Ezequiel, venceu a doença e a morte, mas foi derrotado por sua vaidade ao mostrar seus bens aos babilônicos que aproveitando de uma viagem social, para saber de notícias do Reino vizinho, aproveitou para espionar seus bens, seu Exército e suas fraquezas.
  • Noé, um  patriarca abençoado, homem destemido, de fé, coragem e determinação, sucumbiu ao vinho. 
  • Eli, que foi um bom sacerdote, mas péssimo pai, foi vencido na vida pelo amor que tinha aos seus filhos. 
  • Sara foi vencida pela ansiedade. Uma vez que não chegava o filho da Promessa, ela chamou à existência um costume comum aos seus e deu Hagar por mulher ao seu esposo e veja quantos problemas surgiram desta péssima escolha.
  • Davi venceu guerras mil, mas teve experiências negativas onde não se esperava. Caiu em adultério com Betseba e teve problemas diversos por causa disto. Foi vencido também pelo amor aos seus filhos. Quando Absalão voltou se dizendo arrependido, ele perdoou e o aceitou de volta, mesmo conhecendo o caráter de seu filhos, que mais tarde intentou matá-lo.
  • Judas seguiu a Jesus, andou com Ele, viu as maravilhas que Ele fez e no entanto se deixou vencer pelo seu amor ao dinheiro.
  • Êutico estava tão envolvido consigo e com suas necessidades fisiológicos   que não atentou para o perigo que era estar perto da janela. Ali, ora ouvindo a palavra do Apóstolo, ora dando oportunidade ao sono, acabou por dormir de fato e caiu da janela.
Alguns deles tiveram vitória, depois da  derrota, saíram mais forte da queda, outros não tiveram a mesma oportunidade e acabaram suas carreiras em meio a dor. Sabe por qual motivo? Por falta de conhecimento próprio.
Quem conhece a si mesmo aprende a lutar dia a dia com suas fraquezas e vencê-las.
As derrotas e quedas dos personagens bíblicos não estão expostas ali para justificar nossa própria queda, mas sim para nos ensinar que se não estamos bem não agimos bem. Estas Histórias se tornaram lições e estão registradas ali para que possamos viver de forma diferente, fazer escolhas diferentes das que estes personagens fizeram.
Conhecer a si  mesmo é o primeiro passo de uma Caminhada de Sucesso!

Baseado em Mensagem do Pastor  Sergio Silveira 

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Recado Especial

O Convite que fazemos hoje, se estende a todos os nossos Leitores e amigos.



Neste  Sábado as 19:30 estará ministrando em nossa igreja em São Paulo o Evangelista Valter.
Homem extremamente usado por Deus. Pastor do Ministério Deus Forte, ele estará conosco, trazendo uma Palavra do Céu para nossos corações e orando conosco.
O Endereço vocês já conhecem, mas coloco aqui para quem vai estar conosco pela Primeira vez.
Rua Moreira Neto, n.283, Jardim do Divino, Guaianases, São Paulo, próximo à Estrada Poá Guaianases. 

Convidamos a todos para estarem presentes e receberem uma Palavra do Céu.


Pastor Sergio Silveira 

Querendo ler uma Mensagem Especial?
Leia O Espanador e a Vassoura

terça-feira, 21 de outubro de 2014

O Espanador e a Vassoura


“Na vossa paciência, possuí as vossas almas” (Lc 21.19).
Vamos observar o Espanador, a Vassoura e a Aranha.
Toda Semana a pessoa tira um dia para limpar sua Casa. Munido de Balda, Espanador, Vassoura e afins, limpa todos os cantos, espana e lustra móveis e deixa tudo brilhando. Mas ao fim do dia, quando vai à Dispensa, que limpou pela manhã, encontra no batente da porta uma minúscula aranha a construir sua Teia. Esquecendo-se da fome fora de hora,  a pessoa pega o Espanador e um Limpa Móveis e volta à limpeza. Dá fim na pequenina Aranha e limpa o batente, só pegando o que foi buscar muito tempo depois...
Bem, e você, já notou como as Aranhas insistem em fazer seus ninhos em sua casa? Mesmo que você seja o melhor dono de casa do mundo, um dia  já se deparou com esta pergunta: De onde surgem estas impertinentes aranhinhas quase invisíveis que inventam de fazer seus ninhos em qualquer lugar? A pessoa limpa tudo, tira o pó, passa lustra móveis, coloca perfumes de ambientes e horas depois encontra em uma porta com pouco uso, uma teia invisível, que só se pode sentir quando esbarramos nela. Sabe o o que é isso? PERSISTÊNCIA. Um dia, quando todos não estiverem naquela casa, as aranhas vencerão, mas enquanto não acontece  elas continuam tentando fazer suas teias.
Qual a lição desta Observação? Persista. Não desista quando as coisas parecerem difíceis, não permita que ninguém manipule sua Fé. Se você deseja, lute para que seus desejos se realizem. Não deixe que ninguém 'espane' sua esperança e 'varra' sua confiança. 

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Outros Altares - Jesus, Através De Maria


Jesus, Através De Maria  |  Pr. Olavo Feijó

Lucas 1:35 - E, respondendo o anjo, disse-lhe: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e a virtude do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; por isso também o Santo, que de ti há de nascer, será chamado Filho de Deus. 

Desde o passado, até o futuro, é pelo poder do Espírito Santo que Jesus é apresentado ao mundo. Foi assim com Maria, a bem aventurada: "O anjo respondeu: O Espírito Santo virá sobre você e o poder do Altíssimo a cobrirá com a Sua sombra. Assim, Aquele que há de nascer será chamado Santo, Filho de Deus." (Lucas 1:35).

Maria é um personagem especial, no grande projeto divino de transformar criaturas em filhos de Deus, através do poder do Jesus, o Cristo. Maria foi a primeira a receber Jesus, o Senhor humanizado. Pela graça e poder do Espírito, Maria aceitou a missão de levar Jesus ao mundo. Maria é nosso exemplo porque, mesmo não entendendo as maravilhas que lhe estavam acontecendo, ela "guardava todas as coisas, conferindo-as no seu coração".

Nos dias de hoje, o Espírito decidiu nos escolher para levar Jesus ao mundo. Por mais que não entendamos a graça divina, atuando em nossa humildade, somos os canais contemporâneos de anunciação do Salvador Jesus. O essencial é permitir o nascimento de Jesus no próprio interior. O essencial é permitir em nossa alma a soberania do amor de Cristo. É permitir que "o poder do Altíssimo nos cubra com a Sua sombra". Foi isto que Jesus nos mandou, antes de subir aos céus: "receberão poder quando o Espírito Santo descer sobre vocês e serão minhas testemunhas... até os confins da terra"
.



Do site Amor em Cristo

domingo, 19 de outubro de 2014

Bênção ou Maldição!


Algumas passagens nos deixam lições que nem sempre percebemos. E a Travessia do Mar Vermelho não é diferente.
Quando o Mar Vermelho se abriu e o povo passou por ele, fez o trajeto em segurança. Passaram todos os israelitas e saíram do outro lado ilesos, mas os que vieram atrás não tiveram a mesma alegria. Ao adentrarem ao Mar sucumbiram muitos, sob o peso de suas armaduras e armas, sufocados pelos seus carros e cavalos, atordoados pelo grito dos  que morriam antes deles.
Qual a lição disto tudo?
Eles tentaram ir pelo Caminho que não lhes pertencia! E o que era bom para uns, foi ruim para os demais. Assim, concluímos que o  caminho que Deus abriu, foi para você. Não tente levar por este caminho quem Deus não chamou... Aqui observamos que  o caminho do Mar aberto foi bênção para Israel e Maldição para o Povo Egípcio... 
Pense nisto.

sábado, 18 de outubro de 2014

Casamento -Você sabe o que é dedicação?


O Exercício do Amor é uma necessidade diária. dormimos todos os dias, acordamos todos os dias,  e fazemos inúmeras tarefas diárias para a manutenção de nossa própria vida e quase nunca reclamamos disso. Isto porque fomos criados desta forma, ensinados que a preservação de nossas vidas se dá pelas atitudes cotidianas. Mas não é só no plano fisiológico que devemos agir de forma continuada para mantermos nosso corpo e mentes sãos. No plano espiritual é a mesma coisa. Precisamos cuidar de nosso espírito todos os dias, criando um ritual de  meditação, uma forma de estarmos conectados com Deus e com nosso interior. Afinal, orar, por exemplo, é estar afinado com nossos pensamentos, com nossas necessidades e nossa fé.
E vamos além, na nossa vida emocional, onde relaxamos totalmente, sem percebermos, há também a necessidade de atitudes diárias que nos eleve aos olhos do outro e que nos lembre por quais motivos escolhemos viver nossas vidas juntos. Só que esquecemos que são as pequenas atitudes que mostram o amor que DEDICAMOS ao outro. Bem, olhemos para o que é DEDICAR desde a origem Latina...
Dedicação é uma palavra que vem do original latino DEDICARE. de raíz DE- 'de lado', fora, separado' mais DICARE, que vem da Raiz 'Dicere', que significa fala ou dizer,  assim, o sentido de DEDICAÇÃO é sacrificial, pois está relacionado ao consagrar-se a algo ou alguém. envolve Entrega, sacrifício, Consagração. E por isto dizemos que dedicamos a Deus um culto, isto para dizermos Consagramos a Ele alguns momentos de nosso dia para louvá-lo ou estar com Ele.
Quando DEDICAMOS nossa vontade à alguém através dos votos - sejam sagrados ou oficiais, precisamos entender que nos colocamos à disposição de estarmos sempre juntos, em quaisquer circunstâncias e para isso fazermos algo para que este relacionamento desse certo.
E um relacionamento entre duas pessoas DIFERENTES exige maior comprometimento, maior atenção e precisa de atitudes diárias que o construa e o faça forte, que enriqueça a memória afetiva, mas que também sustente os laços que os farão seguir adiante...
Quando der vontade de parar lembre-se da História da Princesa Esquecida e faça como o marido dela, o príncipe. Ele resolveu que para continuar casado com ela deveria conquistá-la todo o dia e transformou o problema dela - a amnésia - em uma vantagem...
Pense nisto e vivas bem! 

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Se você clamar - II Crônicas 7-14

Se o meu povo que se chama pelo meu Nome... II Crônicas 7-14


Quem será este povo? Qual será a importância desta Mensagem para nossos dias?
Infelizmente estamos vivendo uma época terrível, onde já não nos preocupamos com o próximo e nem mesmo buscamos a Deus pelos motivos certos.
Enquanto isso, por falta de nossa Intercessão, pessoas morrem em Guerras e conflitos Políticos e Religiosos pelo Mundo todo e ninguém as socorre!
Hoje precisamos parar e observar que nossa Terra está doente e que precisamos fazer mais do que olhar e derramar duas lágrimas solidárias, sem acrescentar nada mais à situação.
Só que temos a melhor Arma: A Oração.
E se nos humilharmos e clamarmos ao Senhor, Ele levantará alguém em nosso meio para salvar os que sofrem.

Que possamos acordar para esta necessidade. E que seja urgente!


quinta-feira, 16 de outubro de 2014

O Amor e o Leite Condensado


Muitas vezes deixamos de lado fatos importantes por estarmos preocupados com algo que nem mesmo edifica. Mas quando falamos de AMOR as pessoas voltam seus olhos para nós e esperam de nós atitudes que comprovem este sentimento. Sabe porquê? Por saberem, mesmo que inconsciente, que Amor é Atitude  e não palavras ou espaços vazios.
O Amor é uma escolha. Escolhe-se amar alguém e ter um relacionamento com esta pessoa. E este relacionamento pode ser de Amor Carnal, Amor Fraterno ou Amizade. Quando escolhe-se ter este relacionamento, abrimos mão de outras situações, de outras seguranças e em algumas circunstâncias, de nosso próprio bem estar em benefício do outro. E é esta lição que a Ilustração do Leite Condensado nos ensina.
Aqueles dois irmãos, pequenos pedintes, tinham uma relação de amor que  a Miséria em que viviam não podia destruir. Eles estavam ligados por laços mais fortes que a situação financeira que viviam, pos mais pobres que fossem. Quando seguiam pedindo moedas pelas casa e a bondosa senhora, sem nada  a lhes dar, deu-lhes a lata de leite condensado, nunca imaginou o que aconteceria. Mas o mais velho, nobre irmão, vendo o menor com fome, abriu a lata e só fingiu sorver do líquido cremoso, deixando o irmão tomar sozinho> Por algum tempo, enquanto tomava da mão do menor e fingia sorver para si um pouco do leite, teve oportunidade de exercitar além da nobreza, o papel de educador com o irmão, pois lhe ensinava silenciosamente a importância de dividir o pão com o próximo, mas ele mesmo, sem beber, nos ensina a abrir mão de algo para vermos alguém que amamos, melhor que nós.
Quando seguiu, depois, a chutar  a lata vazia, ia cantando feliz, sabendo que o irmão estava alimentado.
E isto é amor. A fome em si ainda existia, mas ele cria que em algum lugar alguém lhes daria algo que suprisse a necessidade dos dois, só que até lá, pensava ele, seu irmãozinho estaria forte e alimentado.
Isto é Amor.
E nós, amamos assim?

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Amizade e Atenção

Mas há amigo que é mais chegado do que um irmão.
Provérbios 18.24

Hoje as pessoas estão correndo tanto, que se esqueceram de dar atenção às pessoas a quem ama. Assim, vemos muito mais pessoas desejosas de terminar com sua vida, pois já se sentem invisíveis. Sentem que mesmo que saiam nas ruas nus, jamais serão percebidos. E assim, vivem mortos dentro de si, sem serem alcançados pelo amor do próximo.  Precisamos mudar nossa postura. Erguer a mão ao próximo e nos achegarmos a ele com amor. Jesus nos ensinou a amar ao próximo. Ele não disse para amarmos os nossos iguais e sim ao próximo. Mas muitas vezes, por hipocrisia, nos apegamos só a quem amamos e deixamos muitos a necessitar de Amor. Que possamos ser diferentes, deixarmos o egoismo de lado e agirmos com Jesus agiu, amarmos como Jesus amou...
quando agimos com amor, afetamos vidas e muitas vezes interferimos em decisões negativas, como no caso de José e Antonio, da ilustração que termina nossa reflexão:

Eram dois jovens universitários, já nos períodos finais. Saíram ambos da Universidade, com suas preocupações diferentes. Antonio seguia com os braços lotados de livros e quase caindo pelo peso da mochila que também parecia cheia de outros livros.
José, ia despreocupado. A muito aprendera que os problemas tem hora para ocuparem a mente e ao sair da Universidade preferia deixar seus problemas acadêmicos lá. Assobiando, viu quando o jovem que ia à sua frente deixou cair os livros e os olhava desanimado, tentando encontrar uma ordem para os recolocar nos braços. José viu que suas costas estavam curvadas pelo peso do material extra e parou para ajudar.
Descobriu que moravam perto e resolveu ajudar o "nerd" que parecia aflito com aquele monte de livro. Chegou, pegou alguns colocou nos baços de Antonio, se apresentando e  pegou os outros que ainda estavam espalhados pelo chão.
Ninguém mais notou o acontecido, os demais alunos, professores e funcionários da Universidade continuaram passando pela cena, sem interferir ou olhar, que seja.
José e Antonio seguiram,  conversando e se conhecendo.
 Naquela tarde jantaram  e conversaram mais um pouco e na manhã seguinte José estava esperando Antonio para seguirem para a Universidade.
A Amizade aflorou no último Ano de faculdade e no dia da Formatura, quando todos comemoravam sua vitória, felizes. Antonio virou-se para José e perguntou:
- Lembra de quando nos conhecemos?
- Lembro sim Tom, Foi por acaso. Seus livros resolveram te abandonar e se jogaram ao chão, no início do Ano passado...
- Sim. E você me ajudou...
- Claro! Quero saber se não fizesse o que seria de você olhando para os livros como se fossem um fardo de Madeira Velha!
- Na verdade, Zé, eu tinha limpado meu armário...  Estava tão desiludido, sem paz, sem atenção, sem amigos, que quis me matara. Naquela manhã preparei tudo e limpei o armário da Faculdade, pois não queria deixar bagunças para os outros... Naquele dia, amigo, ao se dispor a me ajudar, você me ofereceu mais que amizade, você me fez ver que há muito a se conquistar e viver e, se eu tivesse realmente tomado aquele remédio, teria perdido tudo isso. Muito obrigado!
Antonio abraçou José, feliz por saber que tinha ajudado o amigo. Suas lágrimas eram de felicidade, por ver que seu  modo espontâneo de ajudar ao próximo, tinha trazido de volta  a esperança de outra pessoa. Alguém que se tornara então seu melhor amigo.


Que todos possamos refletir nessa Mensagem de vida e passarmos a dar importância às pessoas que nos cercam.
Bom dia!


PS. Ilustração baseada em Um Milagre chamado Amizade.

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Sou Especial


Somos Especiais. Criados à Imagem e Semelhança do Senhor, nem sempre nos lembramos que temos algo em comum com o Divino. Somos seres completos, racionais e podemos fazer nossas escolhas, mas muitos de nós acabamos deprimidos, diminuídos pelo pouco valor que outros dão em nós. Esquecemos que Deus, que nos fez e nos ama, abriu mão de seu bem mais precioso para que nós fossemos livres do pecado. E é o pecado que nos aprisiona em nossa pequenez, em nossas insatisfações. Sempre que me sinto triste e que percebo que o mundo está querendo me jogar para baixo, relembro João 3-16 e ergo a cabeça e sigo em frente.
Estamos cercados de pessoas abusivas, que para se fazerem necessárias, tentam nos destruir, nos deixar para baixo e nos fazer perceber que não somos amados, mas Deus nos ama e isto é fato e não vai mudar. E não vai mudar pois só Ele conhece nosso verdadeiro valor!
Não permita que nada te faça esquecer que és amado e tão Especial, que Deus abriu mão de Seu Único Filho, para que você fosse alcançado pela Sua Graça.
Seja feliz!

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Onde Deus quer estar

Deus nos escolheu como morada. Pena que ia nos esquecemos disto... Conta a História que quando Pompeu, o grande general romano, tomou Jerusalém no ano 63 A.C., fez questão de visitar o templo, de cuja fama já tinha muito ouvido. Ao entrar no Templo,  questão de passar além do véu e penetrar no Santo dos Santos. Isto causou um escândalo e consternação dos judeus que o acompanhava. Pompeu esperava encontrar, oculta pelo véu, a imagem do Deus dos judeus, o Deus a quem ele atribuía a extraordinária resistência daquele povo através dos séculos a tantas guerras e derrotas. Mas nada encontrou no Santo dos Santos. Acostumado a ver os deuses dos povos representados por imagens dos mais variados tamanhos e aparência, Pompeu ficou maravilhado. Não podia entender um povo que não tinha uma imagem sequer. Um Deus que  tinha preferido ter no  coração humano o Seu Santuário.
Sim, somos Santuário de Deus, morada do Altíssimo... Que possamos nos lembrar disto e, ao declararmos: "O meu coração é o Seu Altar", possamos entender o real significado disto e viver de acordo com esta nossa constatação.
Boa Semana!


domingo, 12 de outubro de 2014

OTempo e as Promessas

São Paulo - Brasil· 
...Creia mesmo que tudo se mostre  contrário, se Deus te prometeu ele vai cumprir...

As promessas passam pelo teste do tempo e o tempo é o que mais desgasta a nossa esperança, mas não devemos permitir que dúvidas se acumulem em nós, quando estamos esperando naquele que não falha. Deus não muda. Se Ele prometeu, vai cumprir. Não interessa se todos não creem, mas a Promessa é para você e se continuar esperando, vai chegar o dia de cantar o hino da Vitória.
O nosso problema é a pressa. Não sabemos esperar e muito do que esperamos na vida tem um tempo de espera. uma comida não fica pronta em instantes, um filho não nasce antes de determinado tempo e, se nasce, os problemas são maiores e os riscos também. Precisamos aprender a esperar, pois esta é uma etapa importante para nosso crescimento.
Que hoje, ao ser lembrado da Promessa ou do pedido que fez ao Senhor, você possa entender que esperar te faz forte e te capacita para receber o que deseja.
Tenha um domingo Feliz!. 

sábado, 11 de outubro de 2014

Cuidado com o que ouve!


Tem situação que é difícil, mas quando estamos encorajados, enfrentamos e vencemos quaisquer que sejam os obstáculos.
Na vida, muitas  vezes, o que nos atrapalha é darmos ouvidos a quem não sabe nos encorajar. Ouvimos pessoas que não sabem reconhecer sua própria capacidade e acabam nos comparando e nos limitando ao seu próprio espaço de fé, encorajamento e responsabilidade. E isto é algo que nos atrapalha, pois cada um de nós temos capacidades diferentes e podemos tomar decisões diferentes quando enfrentamos situações semelhantes. Mas muitas vezes o que nos atrapalha é darmos ouvidos a quem não sabe resolver nem seus próprios problemas e ficamos presos em situações que poderíamos resolver, sem sofrer tanto.
A Bíblia nos adverte sobre isso e nos chama a não nos deixarmos enganar, pois são estas conversas negativas que atrapalham a nossa fé, mudam os nossos costumes (1 Coríntios 15:33) e se observamos este conselho nos mantemos em nosso caminho e  nenhum obstáculo nos derrota.
Conhece a História dos dois meninos perdidos na Neve? 
Pois eu vou contar!
Duas crianças estavam patinando num lago congelado. Era uma tarde nublada e fria e as crianças brincavam tranquilamente. De repente,o gelo quebrou e uma delas caiu, ficando presa na fenda que se formou. A outra,vendo seu amiguinho preso, tirou um de seus patins e começou a golpear o gelo, conseguindo por fim quebrá-lo e libertar o amigo. Quando os bombeiros chegaram e viram o que havia acontecido, perguntaram ao menino: "Como você conseguiu fazer isso? É impossível que tenha conseguido quebrar o gelo, sendo tão pequeno e com mãos tão frágeis! Nesse instante, Albert Einstein que passava pelo local, disse: 
"Eu sei como ele conseguiu."
Todos disseram: "Pode nos dizer como?
"É simples", respondeu Einstein, não havia ninguém aqui pra lhe dizer que não seria capaz." 

Não permita que palavras negativas tirem de você o animo e a esperança. Invista em você mesmo, creia em Deus e vá à luta!

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Deus não leva em conta "tempo de casa"


Desviando-se o justo da sua justiça, e praticando iniquidade, morrerá nela.E, convertendo-se o ímpio da sua impiedade, e praticando juízo e justiça, ele viverá por eles.
Ezequiel 33:18-19

Para o motorista, uma conversão se dá mediante o reconhecimento do erro no Trânsito, um deslize na orientação e desencontro do caminho, tudo isso ocasiona  a necessidade de mudar a direção. Assim, sendo, converter-se é mudar de atitude.
Converter vem do Latim e é formada por COM de junto e VERTERE de Virar, torcer, assim, a junção destas duas palavras  formam a palavra que conhecemos por CONVERTER. Só de observar a palavra em sua raiz etimológica, percebemos que o Ato da Conversão é a mudança de Atitude. Se no Trânsito o motorista muda o caminho e refaz  sua rota para isso, na vida espiritual ou social, quando nos convertemos, devemos mostrar em nossas novas atitudes, reflexo desta mudança.
E porque isso é importante?
Ora, se me declaro convertido devo dar mostras desta conversão. Se continuo agindo como antes ou fazendo as mesmas coisas, os meus próprios atos me acusarão diante das outras pessoas. Assim, quando sou apontada por um erro que cometo, ou sou em consideração as declarações que faço quanto minha orientação ética, social e religiosa e não posso acusar ninguém de estar me apontando ou atribuindo erros. Os deslizes foram cometidos por mim, contradizendo as minhas palavras.
Meu pastor, Sergio Silveira costuma dizer que Deus não é Empresa e não leva em consideração anos de casa. E ele está certo. Para Deus quando nos convertemos, assumimos a responsabilidade de termos novas atitudes. Se agíamos errado e nos convertemos, Ele nos perdoa e esquece os nossos erros. Não que não sejamos responsabilizados por eles, não perdemos  a responsabilidade por nada que fizemos. Quando nos convertemos ajustamos nossa conta com Deus e, se temos dívida com os homens, o certo é ir e nos consertarmos com estes - sejam dívidas físicas, sociais ou criminais, elas deverão ser sanadas na fonte. Que  fique claro isso!
Assim como quem vive com Deus por anos, faz o que é justo, age conforme  a Palavra, se um dia cair em erro e se afastar da Fé, mudando sua atitude, Deus não levará em consideração o tempo da prática do bem. Ele nos foi útil enquanto agíamos certo.
O Rei Ezequias, quando se viu frente à morte, chamou a Deus e lhe apresentou seu passado, mas ele tinha anseio de estar cm o Senhor, por este motivo ele orou. Foi o modo que ele achou de colocar sua casa em ordem. E o fez. Naquele momento ele converteu-se e   se prontificou a voltar de onde escorregara.
Ele entendeu que Deus não considera tempo passado, mas se mostrou pronto a  agir como agira antes. Não vem ao caso estudarmos sua personalidade cheia de conflitos e sua ambiguidade e carência afetiva que o colocou em situação conflituosa logo depois de sua cura. Para nós o que importa é que quando ele clamou, foi ouvido e que quando mostrou arrependimento, foi imediatamente perdoado.
Que possamos pensar nestas Palavras e vivermos cada dia melhor, de modo que não sejamos acusados por nossas próprias palavras ao agirmos desta ou daquela forma.

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

A Oração e o tapetinho da Porta


Quando eu era menina, todas as noites ouvia histórias bíblicas pelo auto-falante de uma Igreja que ficava no morro, na cidade que eu morava, na região de Mogi das Cruzes, em São Paulo. Uma das muitas que ouvia e amava era a Resposta da Oração.
A História conta a saga de uma senhora muito pobre que não tinha dinheiro para pagar a visita do médico para atender sua filhinha que estava muito doente.
Um dia, arriscando o pouco de segurança que tinha, retirou seu suado dinheirinho de seus guardados e foi atrás do médico. Só que todo seu dinheiro era pouco para bancar  a visita do médico e ela voltou triste para casa.
Só que no caminho de casa ela deparou-se com uma Igreja e resolvei entrar. Desabituada que estava, não lhe ocorreu belas palavras para se dirigir a Deus. Então ela pediu de seu modo simples que Deus fosse visitar sua filhinha e a curasse.
Só que ela orou ensinado ao Senhor como fazer para chegar em sua casa. Dizia:
"Senhor, eu te peço que vais lá em casa visitar minha filhinha que está à beira da  morte. Somos só nós duas na vida meu Deus e se ela partir eu ficarei sem mais ninguém para me fazer companhia e sem amor. Tens compaixão Senhor desta mãe aflita e vais lá em casa curar minha filhinha".
E as pessoas que estavam próximas ouviram-na a dizer: "Nossa casa, Senhor é a mais pobrezinha no fim da vila dos mineiros. Esta limpinha, fique sossegado, é pobre apenas, mas asseada. Vai lá Senhor. Para chegar lá o Senhor vai precisar seguir a rua de pedras e passar por dentro da Fazenda Grande, mas fique sossegado, o dono nos permite circular por lá. Siga Senhor, os caminhos das pedras e vire  à esquerda. No fim da rua, aquela casinha menor, é a nossa. Pode entrar. A chave está debaixo do capacho, mas para o lado do vaso de Vassourinha. O Senhor tire, abra  a porta e  cure minha menina. Mas deixe  a chave lá, no mesmo lugar, pois de outra forma não tenho como entrar..." E continuou sua oração simplória.
As pessoas que ouviram, sorriram de sua inocente oração, sabendo que para Deus importa que a gente creia e continuaram suas vidas.
Acabou o culto, a senhora pegou seu lenço, cobriu os cabelos e seguiu seu caminho.
Quando chegou em casa, lá estava sua filha, sentadinha entre as bonecas a brincar. A mãe satisfeita agradeceu a Deus e a menina lhe disse:
"Mamãe, o médico que você chamou era tão bonzinho! Ele tocou meu rosto, me fez um carinho e eu adormeci. Quando acordei mamãe, ele já tinha ido e minhas dores e febres também sumiram. Ele falou mamãe, que fez igualzinho a senhora pediu e disse que ia deixar a chave debaixo do capachinho..."
A mãe sorriu, sabendo que quem visitara sua filha e curara fora Jesus. E creu  que Deus ainda ouve nossas orações e as responde.

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

E se não há quem pregue?


“como ouvirão se não há quem pregue?” (Romanos 10.14).
Sempre que ouvia ou lia este versículo, me perguntava: mas como pode ser?
Como pode não haver mais quem pregue? Será que o Evangelho será tão perseguido a ponto de perder sua essência, deixar de existir?
Hoje percebo que não foi a perseguição que fez mal ao Evangelho, foi a FAMA. O Evangelho virou moda e modo.
MODA, para que as pseudo-celebridades se digam convertidas e arrebatem mais alguns milhões aos seus cofres particulares e MODO para que pseudo-pastores mudem o Evangelho e adequem ao pensamento padrão de Lucro Fácil.
Antes, os irmãos ficavam aflitos para contarem seus testemunhos e estes eram para exaltar as maravilhas que Deus fez em suas vidas. Eram oportunidades "Beija-Flores", tão rápidas, mas eficazes. Todos exaltavam ao nome do Senhor pela "salvação da minha alma, pelo perdão dos meus pecados, por alcançar minha Família, Amém!" e a Igreja ficava satisfeita com este louvor. Hoje os testemunhos são de quanto enriqueci depois que aceitei "fazer tal voto, oferta, sacrifício" ou depois de 'conhecer Igreja A", mas Jesus deixou de ser uma bênção para se tornar POSSE, sim posse. Algumas Igrejas afirmam que Jesus está apenas lá. Tão errado este pensamento, uma vez que Ele afirmou: "Onde tiver 2 ou 3 reunidos em meu nome, ali estarei, no meio deles".
Jesus não é propriedade de ninguém, Ele não habita no meio de bênçãos fajutas   e passageiras, o Céu não se alegra com quem enriquece, os Anjos fazem Festa para quem se converte. E é sempre bom lembrar que converter é antes de tudo, tomar novo rumo. Se você fazia X antes de se converter, deixará de fazer depois que mudar de direção... Simples assim.
Que possamos nos lembrar que Deus espera que nos preguemos o Evangelho, com Palavras e com o nosso Testemunho.
Vale lembrar que para muitos as Palavras perderam o sentido, mas o EXEMPLO muda vidas.
Abraços sinceros...

terça-feira, 7 de outubro de 2014

O Amor e a Fé


Mas, sobretudo, tende ardente amor uns para com os outros; porque o amor cobrirá a multidão de pecados.1 Pedro 4:8
O Amor é essencial para a Fé. Não é possível existir fé sem amor, pois é o ter apego a algo ou a alguém que nos faz acreditar que há possibilidade de vir a existir o objeto de nosso desejo.
Muitas vezes vemos as pessoas dizer que as funções básicas da Igreja são: Exaltar a Deus, Edificar os Salvos e Evangelizar os Perdidos. Mas não é. Antes de tudo a Função Básica e Primordial da Igreja, seja Instituição, seja pessoa, é AMAR. Sem o Amor todas as outras funções são técnicas e perdem o sentido original do que é ser Igreja. E por que perde o sentido?
Ora, sem amor não há a possibilidade de SAÍDA, sim, de sermos retirados do meio dos iguais e sermos diferentes. E hoje as Igrejas não estão enquadradas em seu  princípio etimológico: Ekkalein, sendo Kalein,  Chamado e Ek-  para Fora (Ek-), tanto no grego como no latim.  Os iguais de hoje são os que corromperam a Fé, mudando o Evangelho para estas coisas que vemos por aí, busca de Prosperidade, Casamentos, Profecias favoráveis aos seus projetos e Individualismo.
Os chamados para fora são aqueles que pregam um Evangelho de Amor, pois é partindo desta atitude, AMAR, que alcançamos a necessidade de nos arrependermos e converter nosso caminho. E quem CONVERTE, muda. Isto é essencial para nossa compreensão do que é ser cristão: CONVERTER é mudar de caminho.
que possamos reconhecer que para seguirmos como IGREJA é necessário que amemos ao Próximo. Só quem ama o próximo pode colocar-se em seu lugar e lutar para que ele seja alcançado pelo Amor de Deus.
O Amor ao próximo nos aproxima de Deus. Se não houver amor, Exaltar a Deus se torna inválido, pois o Senhor espera que amemos e atendemos ao próximo em suas necessidades (Provérbios 14:31 b).
O Amor ao próximo nos libera para a Edificação enquanto salvos, pois nos faz pessoas melhores, mais próximas de Deus, que é Amor em Essência e este é o Amor Sacrificial (S. João 3:16).
Amar ao próximo é dar Testemunho de Amor, compreensão e solidariedade e agindo assim a Igreja - instituição ou pessoa - alcança os Perdidos. Testemunho é exemplo e exemplo eleva mais que Palavras.
Pene nisto e ame mais!


segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Você sabe agradecer?

o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti e te conceda graça; 
Números 6:25

Você é uma pessoa agradecida?
A maioria das pessoas reclamam por conviver com os que não sabem reconhecer um favor ou uma amizade. Mas entre os que reclamam a quem age da mesma forma, afinal, ver o defeito alheio é melhor do que sentar e prestar atenção no seu próprio defeito.
Uma pessoa agradecida reconhece o que recebe e agradece pelo que lhe faz bem. Valoriza a pessoa que lhe estende a mão e lhe dá apoio. Encontra a melhor forma de agradecer e consegue expressar esta gratidão.  E jamais esquece do bem recebido.
Só que  a experiência nos mostra que o nosso orgulho faz com que isto seja bonito apenas no discurso, pois quando partimos para a vivência, preferimos esquecer o bem que recebemos e comentar as injúrias recebidas, mesmo que estas venham de nossos melhores benfeitores.
Para esta meditação, talvez seja interessante lembrar de um texto da Sabedoria Oriental sobre dois amigos, que nos foi contada pelo escritor Malba Tahan.

Dois amigos, Mussa e Nagib, viajavam pelas extensas estradas que circulam as tristes e sombrias montanhas da Pérsia. Ambos se faziam acompanhar de seus ajudantes, servos e caravaneiros.
Chegaram, certa manhã, às margens de um grande rio, barrento e impetuoso, em cujo seio a morte espreitava os mais afoitos e temerários.
Era preciso transpor a corrente ameaçadora. Ao saltar, porém, de uma pedra, o jovem Mussa foi infeliz. Falseando-lhe o pé, precipitou-se no torvelinho espumejante das águas em revolta. Teria ali perecido, arrastado para o abismo, se não fosse Nagib.
Este, sem um instante de hesitação, atirou-se à correnteza e, lutando furiosamente, conseguiu trazer a salvo o companheiro de jornada.
- Que fez Mussa ?
Chamou, no mesmo instante, os seus mais hábeis servos e ordenou-lhes gravassem na face mais lisa de uma grande pedra, que perto se erguia, esta legenda admirável:
"Viandante ! Neste lugar, durante uma jornada, Nagib salvou, heroicamente, seu amigo Mussa".
Isto feito, prosseguiram, com suas caravanas, pelos intérminos caminhos de Allah.
Alguns meses depois, de regresso às terras, novamente se viram forçados a atravessar o mesmo rio, naquele mesmo lugar perigoso e trágico.
E, como se sentissem fatigados, resolveram repousar algumas horas à sombra acolhedora do lajedo que ostentava bem no alto a honrosa inscrição.
Sentados, pois, na areia clara, puseram-se a conversar.
Eis que, por um motivo fútil, surge, de repente, grave desavença entre os dois companheiros. Discordaram. Discutiram. Nagib, exaltado, num ímpeto de cólera, esbofeteou, brutalmente, o amigo. Que fez Mussa? Que farias tu, em seu lugar? Mussa não revidou a ofensa. Ergueu-se e, tomando, tranqüilo, o seu bastão, escreveu na areia clara, ao pé do negro rochedo:
"Viandante ! Neste lugar, durante uma jornada, Nagib, por motivo fútil, injuriou, gravemente, o seu amigo Mussa".
Surpreendido com o estranho proceder, um dos ajudantes de Mussa observou respeitoso:
- Senhor ! Da primeira vez, para exaltar a abnegação de Nagib, mandaste gravar, para sempre, na pedra, o feito heróico. E agora, que ele acaba de ofender-vos, tão gravemente, vós vos limitais a escrever na areia incerta, o ato de covardia! A primeira legenda, ó cheique, ficará para sempre.
Todos os que transitarem por este sítio dela terão notícia. Esta outra, porém, riscada no tapete de areia, antes do cair da tarde, terá desaparecido, como um traço de espumas entre as ondas buliçosas do mar.
Respondeu Mussa:
É que o benefício que recebi de Nagib permanecerá, para sempre, em meu coração. Mas a injúria. . . essa negra injúria... escrevo-a na areia, com um voto, para que, se depressa daqui se apagar e desaparecer, mais depressa, ainda, desapareça e se apague de minha lembrança!

Para Concluir

Como os dois amigos, é preciso aprender a escrever na Pedra de nosso coração as belas atitudes que nos fazem bem e nos aprimoram como seres humanos, quanto as atitudes que nos ferem, talvez seja importante escrever na areia do mar, para que sejam lavadas pelas águas e sugadas pelas ondas.
Agradecer faz bem. A todos.



 

domingo, 5 de outubro de 2014

Como o assunto é Eleição...


Mais um domingo  para o Exercício da Cidadania. No Brasil, onde o único direito obrigatório é o de votar, milhões de Brasileiros vão às Urnas amanhã depositarem ali não só o nome de um candidato, mas as esperanças de todos os cidadãos desta Pátria em dias melhores.
Não é nossa intenção apontar este ou aquele candidato em nenhuma esfera ou casa pública brasileira. Nosso desejo é que todos que vão deixar o conforto e segurança de seus lares, estejam cientes de sua responsabilidade para com todos os demais, lembrando-se que nossas escolhas de hoje mudam a História de nosso  país de forma irrevogável.
E interfere direta e indiretamente no relacionamento social da Igreja, enquanto Instituição e forma de Governo escolhida pela maioria. Uma vez que a maioria quem vence as eleições e não apenas um candidato ou partido. Mas, por ser apenas um voto, a pessoa não pensa em sua responsabilidade. Não se conscientiza que tem um peso  maior quando depositado na Urna.
O país é como um avião. Se tiver um bom piloto os passageiros viajam seguros, mas se estiver em estado deplorável e sendo guiado por um irresponsável, as coisas uma hora ou outra saem do controle.
Vai votar?
Espero que você conheça bem seus candidatos e saiba cobrar deles que executem o plano de Governo prometido.
Paz sempre...

sábado, 4 de outubro de 2014

Fé - Acredite em si mesmo!


O que seria de mim, se não fosse o Senhor em minha vida. Já se fez esta pergunta?
Muitas vezes nos prendemos apenas ao que o Senhor fez em nossas vidas e vivemos uma vida limitada, pois esquecemos que podemos fazer mais por nós mesmos.
Afinal, a  vida é muito mais que a Fé, eu concordo. Mas não se vive sem Fé. Esta semana o pastor Ray compartilhou sobre as 3 fés que precisamos ter:
  • Fé em Deus;
  • Fé em Jesus, e 
  • Fé em si mesmo.

Sim, para realização do Milagre precisamos crer em Deus, para a Salvação precisamos crer em Jesus e para  a realização de nossos sonhos precisamos crer em nós mesmos!
Sonhar todos sonham, mas só os corajosos realizam e estes conseguem através da fé que tem em si mesmo. É o acreditar que algo vai acontecer que faz com que a pessoa enfrente os obstáculos e corra atrás dos resultados desejados.
Não adianta ter fé em deus e em Jesus se você não se anima a se mexer. A fé em Deus o capacita para ter coisas que só Ele pode fazer, mas a sua parte você precisa fazer.
Não continue esperando nos outros, sejam eles deuses ou homens, para realizar algo que é sua responsabilidade.
Quando Deus disse a Josué, "esforça-te que eu serei contigo", estava dizendo na verdade: Mexa-se! E Josué entendeu. Foi a luta acreditando que era capaz e se tornou um grande legislador, ele já era um grande estrategista, basta olhar sua perspicácia quando foi espiar a terra dos gigantes junto com Calebe. Mas ele não se achava pronto para dirigir aquele povo.  Lidar com soldados é uma coisa, um Exército por maior que seja é bem menor que toda a população de um país, mas lidar com o povo era difícil e ele virá o quanto Moisés sofrera, tendo inimigos até dentro de sua própria casa.
Só que quando se embrenhou nesta tarefa, Josué deixou para trás seus medos e juntou a fé em si mesmo à que ele tinha em Deus, foi a luta e venceu.
Para vencermos precisamos não apenas conhecer nossos inimigos, mas reconhecer nossas limitações e lutar  contra eles e isso só é possível quando você crê em si mesmo.
Pense nisto.

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Josué, a Camponesa e a Águia

Seja Forte e Corajoso!
Não fui eu que ordenei a você? Seja forte e corajoso! Não se apavore nem desanime, pois o Senhor, o seu Deus, estará com ...Josué 1:9
Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida.Provérbios 4:23
Sabe o que significa ser FORTE? Significa saber que em seu caminho você vai encontrar dificuldades, barreiras quase intransponíveis e outras impossíveis mesmo de serem derrubadas. Mas com tudo isso você terá animo para continuar sua luta. Então ser FORTE é uma necessidade e forças a gente encontra dentro de nós, construímos ela ao acreditarmos em nossos ideias e encontrarmos razão para continuar lutando.
Ser FORTE só é necessário para quem vai à luta. Assim, se Deus disse a Josué que ele precisava ser forte, significou para o nosso herói que ele teria que desbravar caminhos outrora jamais visto e passar por situações em que necessitaria de seus ombros e braços para continuar empurrando as barreiras, sem se deixar abater.
Ser FORTE é antes de tudo lutar contra si mesmo e jogar por terra seus próprios medos, para encarar situações que sabemos de antemão não serem fáceis.
Esta foi a Primeira lição de Josué.
Ser CORAJOSO. Além de ser forte, Josué foi exortado a ser Corajoso. E Para que ele precisava de Coragem? Ora, uma vez que  seria provado em situações jamais conhecidas por ele, estaria também frente a algo que o desanimaria: O Desconhecido. Em geral as pessoas temem o desconhecido. Por isso o medo da morte, o receio de mudar de emprego, o desespero de alguns de se relacionar com os outros, o pavor de mudar de cidade. Todos estes temores têm em sua origem um único fator: O Desconhecido. Uma vez vencido o medo do desconhecido, desbravar florestas, quebrar pedras, andar de avião, casar ou ter filhos se torna uma aventura.
Só que CORAGEM, do Latim Coraticum, é algo especial de se pensar. Coragem está relacionada com ao CORAÇÃO, E, segundo o sábio, é do coração que vêm as fontes da vida, assim, coragem está relacionada com o viver pleno, ao não se deixar abater quando a situação se apresenta difícil. Ser corajoso é agir com o coração, saber que sua atitude vai ajudar alguém vai transformar vidas e de quebra, vai te fazer   feliz.
Esta é a segunda lição de Josué.
A História de Josué é rica e plena de significado, mas estas duas lições que ele recebeu de Deus serve para nós que estamos nesta Terra, cientes de nossas responsabilidades e frente a dificuldade que nunca tínhamos visto. Olhar para as palavras do Senhor dirigidas a Josué e trazermos para nosso dia a dia, nos fará mais fortes e nos ensinará a agirmos com o coração.
Talvez a Ilustração da Camponesa e a Águia seja importante para esta nossa Meditação.

Uma mãe estava passeando com seu filho em um belo lugar, ao depositá-lo à sua frente, eis que diante de si surgiu uma enorme Águia que arrebatou sua criancinha levando-a para uma rocha não muito distante, mas enorme, que nem o mais forte dos guerreiros se arriscavam a subir.
A mãe desesperada pediu ao sábio que a ajudasse e ele mandou ela procurar o aldeão. Encontrado o aldeão, este subiu pela rocha íngreme, mas voltou sem a criança. Temia por sua vida, pois o caminho era demasiadamente acidentado e corria-se o perigo de cair no abismo.
Aconselhada agora a procurar o herói, este partiu determinado, mas foi pouco além de onde fora o forte aldeão. O desespero era real e agora todos os que se juntaram para ver o resgate, descobriram-se perdidos e começaram a falar entre si, em um alvoroço só.
De repente as crianças começaram a torcer e os adultos pararam de discutir entre si e olharam para  a enorme rocha. Já bem adiantada ia uma camponesa, com seu lenço vermelho amarrado nos cabelos e suas saias amarradas na altura dos joelhos.
O povo começou uma fervorosa torcida, ao perceber que ela já ultrapassara a muito o caminho do aldeão e se aproximava agora do local onde desistira o Guerreiro. Mas ela o transpôs e sumiu entre as pedras, ora o povo via seu lenço, ora nada viam, mas continuavam olhando, aterrorizados a coragem daquela jovem.
Horas depois a viram surgir, tendo amarrado a criança às costas, deslizava pelas pedras agilmente como subira.
Quando chegou ao chão, beijava a criança em lágrimas. Suas mãos machucadas  e suas outras feridas, foram tratadas pelo curandeiro, que dizia:
- Onde a Força falha, brota  a Coragem.
E todos aplaudiram aquela mãe que arriscou tudo por amor de seu filho.


Que Deus fale melhor aos nossos corações.

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Decência e Ordem


Os mais antigos conhecem a canção do cantor e pastor  Alceu Pires, intitulada "Puxe o Paletó". Nesta canção ele nos exorta a termos Sabedoria no uso de nossas oportunidades. A letra, baseada em Eclesiastes 5,  verso 2, que diz:  Não seja precipitado de lábios, nem apressado de coração
para fazer promessas diante de Deus. Deus está nos céus, e você está na terra, por isso, fale pouco.
E no decorrer da Letra da canção ele nos ensina sábias atitudes quanto ao nos portar no Altar.
  • Ter decência.
  • Ter Ordem.
  • Ser Prudente.
  • Respeitar o tempo estipulado - (Afinal, ele não é só seu).
  • Respeitar as autoridades.
  • Respeitar ao próximo que também quer falar das bênçãos da Salvação.
Hoje muitas Igrejas liberam o púlpito para tudo quanto é "celebridade pseudo-evangélico" e vemos e ouvimos muitas coisas antibíblicas saírem do lugar onde deveria sair o nosso alimento diário. A Bíblia nos exorta sobre o muito falar e diz que nele não falta transgressão (Provérbios 10-19) e vemos que isso se torna real, uma vez que hoje usam técnicas de Marketing e Convencimento Psicológico para segurar a atenção dos cristãos. Muitos pregadores conhecem muito bem os Livros de Neurolinguística, mas pouco pegam na Bíblia. Muitos para prenderem a atenção da assistência, utilizam de palavras de bênçãos e bajulações, esquecendo-se do que  o salmista roga a Deus para que aconteça aos que assim procedem: "Que o Senhor corte todos os lábios bajuladores e a língua arrogante"  Salmos 12:3.  
O Altar é um lugar especial, não por ser santo e incorruptível, até porque se fosse, muita gente já teria sido fulminada ali, mas é de onde deve sair o alimento das ovelhas que somos nós e infelizmente muitos pastores têm aberto espaço em suas Igrejas para um típico profeta do Velho Testamento: Balaão. Balaão mercadejava a Palavra, entregando ao Público Pagante a mensagem que este desejava ouvir. Lembra que Balaque ia pagar para ele amaldiçoar o Povo de Israel?
Pois é. Tem muitos destes por aí, vendendo Bênçãos para quem paga melhor.
Que possamos observar melhor e sermos bênçãos na vida daqueles que ouvirão a Palavra através de nossos lábios, afinal, voltando ao sábio: "
Os lábios do justo apascentam a muitos, mas os tolos morrem por falta de entendimento. (Provérbios 10:21)

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Feliz Outubro Rosa

Primeiro dia do Mês de Outubro de 2014.
Outubro é considerado o mês de Combate ao Câncer de Mama.
Muitas pessoas acreditam que isso seja uma doença Feminina e até o mês ficou conhecido nas redes sociais e mídia como Outubro Rosa.
E por este motivo, como um serviço de Utilidade Pública, estamos reservando este post de hoje para falar com as Famílias. Câncer é uma doença ruim, não é contagiosa e mata. Assim, tomar cuidados e fazer prevenção é uma necessidade e a diferença entre viver e morrer.
Você pode conhecer mais sobre o assunto no site Outubro Rosa, que além de contar a origem desta data e do Laço Rosa, dá muitas orientações.
Sabendo que  o Movimento Outubro Rosa é um acontecimento mundial que se originou   em 1997, na Califórnia, USA com o objetivo de conscientizar as mulheres em torno do diagnóstico precoce do câncer de mama, vale lembrar que PREVENIR é vigiar. E Jesus nos ensinou a VIGIAR, portanto vigie com sua Saúde, pois as consequências da falta de cuidados não afetam apenas você, mas toda  a sua Família e sua Comunidade.
Vale lembrar que de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer de mama é o segundo tipo mais frequente no mundo. Como sabemos, apesar de ser mais comum entre as mulheres, ele responde por 22% dos casos novos a cada ano, atingindo aos homens também.
Também há a probabilidade de hereditariedade e sendo assim certos cuidados devem ser tomados como prevenção redobrada. Ainda que  a hereditariedade seja responsável por apenas 10% do total de casos. Assim,  mulheres com histórico familiar de câncer de mama, especialmente se nos  parentes de primeiro grau (mãe ou irmãs)  apresentam maior risco de desenvolver a doença.  

Bem vamos colocar abaixo as informações do Ministério da Saúde sobre Sintomas e Prevenção:
Sintomas
 
  • Alterações na pele que recobre a mama, como abaulamentos ou retrações, inclusive no mamilo, ou aspecto semelhante à casca de laranja. Secreção no mamilo também é um sinal de alerta. O sintoma do câncer palpável é o nódulo (caroço) no seio, acompanhado ou não de dor mamária. Podem também surgir nódulos palpáveis na axila.
 
 
 
Prevenção
 
  • Evitar a obesidade, através de dieta equilibrada. 
  • Praticar  de exercícios físicos  regularmente
  • Se tiver casos na Família, a pessoa deve evitar a ingestão de álcool, mesmo em quantidade moderada.
 
  Fonte: www.inca.gov.br.
Texto adaptado por Equipe IPCO-Brasil

Gratos pelo cometário

Siga-nos no Twiiter