Translate / Traduza

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Os 10 leprosos - Quando o estrangeiro agradece

Os 10 leprosos - Quando apenas um agradece
Diácono Carlos Alexandre
Imagem Google
 Se estudarmos a vida dos leprosos, da época de Jesus, baseando nosso estudo em Números e Levítico, vemos era uma vida infeliz a que estes doentes eram forçados aviver, dado seus problemas de saúde.

Qualquer pessoa sabe que um doente precisa de cuidados, mas os únicos direitos que estes doentes tinham eram o de viver isolados.

Mesmo assim, Jesus ao passar por uma cidadezinha onde vivam estes leprosos, em Lucas 17, 11, de atenção aqueles homens doentes que vieram ao seu encontro.

Veja que estes homens viviam uma situação de humilhação extraordinária, além de já viverem à margem da Sociedade da época, ainda eram obrigados sairem andando e gritando informando sua situação calamitosa.

Aqueles dez leprosos, ao verem Jesus passar e reconhece-lo, talvez pela multidão que o seguia, gritou-lhe por ajuda. Compaixão era o que eles pediam e Jesus mandou eles apenas irem ter como s sacerdotes, pois era esta a determinação dada aos leprosos que fossem curados, que se apresentassem ao responsável religioso de sua Tribo.

Poder da Palavra

Jesus não disse:"SEJAM CURADOS", simplesmente mandou que eles cumprissem a Lei Mosaica apresentando-se ao sacerdote.Assim, aqueles homens doentes, ao crerem que foram curados, dado a Palavra do Mestre, se dirigiram cada uma para sua Tribo, prontos para se mostrarem aos Sacerdotes.

O Estrangeiro sendo grato

O Samaritano - que como sabemos não eram muito queridos pelos demais judeus e que por eles eram visto como estrangeiro - viu-se no caminho limpo, voltou ao Senhor Jesus para agradecer.

Diz a Bíblia que ele saltava e bradava em alta voz sua glorificação, (v 15). Ao aproximar-se  agora limpo do Senhor Jesus, ele prostou-se  em terra agradecendo.

Jesus prova aí que havia entre eles, os leprosos, judeus, quando afirma: Nâo eram 10 os que foram curados? Onde estão 9? (v 17) e afrima que o estrangeiro agradeceu.Sendo Jesus judeu, logo os outros que não voltaram a gradecer, tinham sua nacionalidade.

Quem agradece, recebe mais

Ao receber o agradecimento daquele samaritano, Jesus disse-lhe: Levanta-te e vai, a tua fé te salvou.Então os que foramcurados, receberam apenas a cura do corpo, sua doença de pele, a lepra, foi exterminada, mas não foram os seus pecados.

O samaritano, ao agradecer, teve mais para agradecer. Até porque para Jesus, o importante é a cura interior, a sua Salvação. Se você é curado da pior doença, o pecado, você pode viver bem até com a enfermidade do corpo, pois esta não te impede de ir ao encontro do Noivo naquele dia. aleluia.

Outros Estrangeiros

Jesus europeu - Imagem Google
Nós também somos os estrangeiros,  afinal recebemos a Salvação e o privilégio de pregarmos a Palavra, dadoa rejeição que o Evangelho sofreu naquela época. A Bíblia diz que Ele veio para os seus e os seus o rejeitaram.

Então os leprosos somos nós. Os leprosos estrangeiros.
Só que somos os leprosos agradecidos, escondemos a Palavra no coração e somos purificados mediante ela.
Houve quebra de maldição, mão do Senhor não se encolheu e não está encolhida.
Ele ainda está curando os leprosos hoje. Esta cura te dá direito a Salvação Eterna.
Aleluia!

Gratos pelo cometário

Siga-nos no Twiiter