Translate / Traduza

domingo, 28 de junho de 2015

Pressa de Julgar

 Pressa em Julgar 

Elisabeth Lorena Alves - Recanto das Letras

             Vivemos em uma Sociedade apressada. Todas as nossas decisões são baseadas na pressa, na necessidade urgente de se expressar, de enriquecer, de serfeliz, de acusar, de julgar. Mas nosso assunto hoje recai apenas sobre nossa pressa em julgar. Julgar as atitudes dos outros, falar do que de fato não entendemos, desejar que os outros se adequem às nossas opiniões e as aceitem como verdade. Estamos errados. Nem mesmo Deus tem pressa de julgar a Humanidade pelos seus erros e nós cometemos um grandioso, matando seu Filho. Não importa se era um plano de Salvação, acusar um inocente, firmar falsas provas contra ele e condená-lo a morte são atitudes criminosas, antiéticas, imorais e inumanas. Agora que já nos fizemos entender, vamos à Reflexão de hoje.
             Julgar outra pessoa pelas nossas Ideologias é no mínimo, um erro. Temos nossas opiniões, nossas crenças e pontos de vista, mas se outra pessoa não vive sob eles, não podem ser cindenadas por isso. E n'so que nos dizemos cristãos costumamos julgar as pessoas assim que as percebemos diferentes de nós. Estamos errados. Jesus, nosso Mestre, e por este título,  suas atitudes deveriam ser seguidas como exemplo por nós, que nos dizemos seus seguidores e apóstolos. Bem, seguidor todo mundo sabe que é aquele que segue, o sentido da palavra está em si mesma, mas e apóstolo, o que será de fato?
            A Palavra APÓSTOLO vem do Latim e do grego , é mais uma das muitas contribuições destas Línguas Antigas para a nossa. Em Latim Apóstolos se escreve  APOSTOLUS  e em Grego APOSTOLLEIN. em Latim significa "Mensageiro, pessoa enviada à frente" e em Grego é a junção de APO = "de", + STELLEIN = "mandar, enviar". Então vale lembrar que Mensageiro não leva algo seu, ele leva a Mensagem de alguém. Assim, antes de mais nada devemos nos perguntar de quem é a Mensagem que nós, que nos dizemos apóstolos de Jesus e somos portanto seus mensageiros, devemos levar. Então você me responde, provavelmente balançando a cabeça, incrédulo com minha falta de inteligência em não enteder o óbvio:"
            - "Ora, querida irmã, se somos Mensageiros de Jesus, é a Mensagem dEle que levamos!
            E eu retruco:
            - Sim, parece óbvio, mas será que estamos de fato levando esta Mensagem? A Mensagem de Cristo é de AMOR  enão de intolerância. e somos intolerantes. Jesus via as pessoas no todo, nos vemos por atitudes que destoam de nosso modo de ser e as julgamos assim, condenando-as moralmente por Ideologias que são só nossas.
           Jesus agia diferente.
           Jesus ia passando por uma cidade e conheceu Zaqueu. Homem odiado, por ser representante de um Governo corrupto e cobrador de impostos. Ele queria conhecer Jesus. Jesus se ofereceu a ele como Salvação, mas o Mestre não impôs a sua percepeção de Justiça e Fidelidade. Ele aceitou sentar à mesa com Zaqueu e conversou com ele. Provavelmente Jesus não falou nada sobre Salvação. O Testemunho de Jesus viera à sua frente, tanto que a Bíblia diz que a muito Zaqueu queria conhece-lo. Jesus não precisou fazer muita coisa para que Zaqueu quisesse se salvar. Jesus só teve que mostrar para Zaqueu que o que falavam sobre Ele era verdade. Que apesar de sua Santidade, de se dizer Filho de Deus, Ele aceitava estar com pecadores e comer da mesa deles. Quando Jesus estendeu seu Amor a Zaqueu, aquele homem resolveu segurar para si esta Aceitção e se dispôs a ser diferente dali em diante. Aqui é válido lembrar e frisar bem isso: Zaqueu quis ser salvo e para isso mudou de atitude. Isso porque não tem como ser salvo sem mudar suas atitudes diantes da vida, da moral, dos bons costumes, da Palavra de Deus. E isto em se tratando tanto da Salvação no plano espiritual quanto no físico. Em qualquer situação em que a pessoa se diz pronta para mudar, esta mudança se dá nas atitudes e deve ser imediata.
           E a mulher hemorrágica? Sim, ela cabe aqui. Aquela mulher trazia em si uma doença que a Estigmatizava junto a sua Sociedade. Sim, aquela hemorragia era uma espécie de Cicatriz Social. Toda mulher que tivesse esse tipo de enfermidade era chamada de imunda. Não podia circular entre as outras pessoas. Mas ela queria ser liberta. Já tinha gastado tudo o que tinha em Tratamento e agora só um Milagre a curaria. Ela se arriscou a ser apedrejada, provavelmente tenha se coberto, para que se por acaso encontrasse algum conhecido, este não denunciasse sua situação aos outros. Ela seguiu Jesus e tentou tocar em suas vestes. cria que um toque que desse no Senhor, seu sofrimento acabaria. E ela o tocou. Quando Jesus percebeu, ele se voltou e depois de questões comuns ao discurso dos seus seguidores de então, Ele conversou com ela. Ele curou mais que sua hemorragia, curou-a da vergonha, da sua situação de Impureza, de Escarnio, livrou-a do Estigma de ser impura e agora ela seria vista como aquela Mulher que Jesus Curou.
          Outra feita Jesus aceitou que uma mulher lhe lavasse os pés. Ele estava na casa de um de seus amigos e este até duvidou de sua deidade, nào cria que Ele sendo Deus não soubesse quem era aquela mulher. Jesus mostrou aquele homem que quando uma pessoa se arrepende e deixa suas  práticas anteriores,merece tanto respeito quanto aquelas que jamais deixaram os costumes morais e éticos pregados por determinada Sociedade ou religião. Jesus mostrou aquele homem a importância de amar sem esperar nada em troca e que quando se recebe algo pelo amor que se deu, devemos também ser gratos, sem questionarmos nada.
          Poderíamos mostrar mais pessoas alcançadas pelo Amor Incondicional de Jesus, inclusive nós próprios, que de santos nada temos, mas acredito que estas três pessoas já nos bastam. Em Zaqueu Jesus não se importou com o  AGORA, ele prestou atenção nas atitudes Futuras daquele cobrador de impostos. Com a mulher Hemorrágica Jesus não se importou com a SOCIEDADE, apenas amou-a e deu-lhe mais do que ela pedia, curando-lhe também a alma. E na mulher que lavou seus pés, Jesus não olhou o PASSADO, Ele viu o seu Presente, suas atitudes mudadas pelo amor que Ele antes lhe dera, perdoando-a. Se observarmos estas experiências do Mestre, talvez possamos seguir seus exemplos e se os seguirmos de VERDADE, podemos nos dizer seus Mensageiros.  E quando agirmos assim, deixaremos de JULGAR as pessoas e passaremos a AMAR mais, como Ele nos Ensinou.
       

Gratos pelo cometário

Siga-nos no Twiiter