Translate / Traduza

domingo, 18 de março de 2012

O Cristão e a Dor

O Cristão e a Dor
Tem uma canção, que foi gravada pelo cantor Eliel Rosa, que diz: Eu vivo a vida cantando, do que me adianta chorar, vivo com Cristo, Cristo comigo, é doce o meu caminhar. Bem, é uma daquelas canções que nos fazem pensar no que realmente é viver com Cristo ou por Cristo, afinal nos lembra que as dificuldades existem,mas devemos mantermos nossa confiança firmada em Deus se quisermos ter paz e vitória.
A tal canção ainda diz: Para quem vive a sofrer, para quem vive a chorar, há um caminho excelente, para em paz se viver, é Jesus Cristo o caminho, de amor ternura e paz, e quem viver com Jesus o Senhor, não chorara nunca mais. Talvez – tirando o final, que diz não que não choraremos e isto depende do ponto de vista – esta seja uma mensagem para nos animar. Quando vivemos com Cristo sentimos sim mais vontade de cantar, nossa vida se torna mais feliz por sabermos agora o nosso destino final e termos certeza de nossa salvação, mas não estamos livres das dores e tristezas comuns aos nossos semelhantes. Passamos sim por situações de dor, de anonimato, de luto, de desesperança, a única diferença é que se cremos realmente no Senhor, as nossas forças serão renovadas, como diz em Isaías 40-31: Mas os que esperam no Senhor, renovarão as suas forças, subirão como águias, correrão e não se cansarão, caminharão e não se fatigarão. Sabe que hora é esta que a águia sobe? Quando esta cansada.
Em determinada altura da vida, a águia percebe que suas velhas assas lhe pesam, suas garras estão atrofiadas e o bico escamou, então ela sobe o mais alto que pode e se renova e este ritual é muitíssimo pesado e cansativo. Ela se joga nas rochas e quebra o bico, as garras e se permite renovar para então voltar as suas antigas atividades.
Sim, a águia, que antes disto já aprendeu a voar acima das tempestade, agora precisa se renovar para viver mais algumas décadas.
Assim devemos ser nós, os cristãos, quando a dor nos cansar, devemos alçar voos maiores e então fugirmos das tempestades, pois elas podem nos tragar, mas se confiantes em Deus, soubermos vigiar e contornar os obstáculos, então alcançaremos a vitória. Conseguiremos encontrar forças para continuarmos lutando para irmos adiante e chegarmos até o final de nossa lida. E se por acaso nos sentirmos cansados, devemos reservar um tempo para nos renovarmos e com as plumas novas, garras afiadas e bico novo, estarmos prontos para as noivas dificuldades que por certo virão.
As tribulações vem a todos, aos que servem a Deus a também para aqueles que não O servem, mas se estamos firmados no Senhor, nos alegraremos Nele, pois através do Espírito Santo, seremos renovados e poderemos dizer que em todo o tempo o Senhor nos tem ajudado.
Que esta mensagem traga vida para nossas vidas e que possamos alcançar cada dia mais a confiança necessária para esperarmos sempre no Senhor!
Aleluias!




Gratos pelo cometário

Siga-nos no Twiiter