Translate / Traduza

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Negligência - A Igreja e a Beleza da Mulher

A igreja e a Beleza da Mulher
“…revistam-se… da beleza que vem de dentro...” – 1 Pedro 3:4



Por certo você já leu ou ouviu falar que alguns países africanos mutilam as mulheres. Na verdade existe uma modelo que declarou que este costume não encontra quase nenhum inimigo dentro das fronteiras muçulmanas – na verdade poucas vertentes muçulmanas são adeptas desta chamada Mutilação sexual feminina.
Claro que nós cristãos pegamos nossos sacos de pedras e atiramos sobre eles, afirmando que são fanáticos e loucos e, ainda muitos outros adjetivos nada bonitos, para mostrar nossa depreciação, mas o Cristianismo ao longo dos tempos tem feito isto com as pessoas também e, principalmente com as mulheres.
Pode observar que as normas proibitivas estão relacionadas em sua maioria às mulheres.
No princípio proibindo as mulheres de se trajarem de forma que as deixassem bonitas e confortáveis com sua condição feminina, sua aceitação pessoal. As saias que em algumas igrejas são obrigatórias, devem ter um tamanho que desforme o corpo da mulher, as joias são proibidas e maquiagem é algo que esta associado a maquiavélica Jesabel.
Ninguém lembra que a corajosa, fiel e amada Ester passou um longo ano em tratamento estético para ir a presença de Assuero, Noemi ensinou a Rute como se arrumar para ir a presença de Boaz, Rebeca recebeu joias e as usava, assim como as outras santas mulheres viviam belas e arrumadas, apesar de atarefadas. Raquel, Abigail, Bate-Seba e Raabe eram belas mulheres, e se continuarmos lendo a Bíblia encontraremos muitas outras como elas. O fato de serem mulheres que se enfeitavam não as impediram de ser citadas pelos apóstolos e por Jesus como pessoas com prometidas com a verdade e que mantiveram sua aliança com Deus.
Ainda há hoje a corrente que afirma que as mulheres devem manter-se caladas, que não podem adminstrar uma Igreja, pregar o Evangelho ou fazer Missões e discutem isto com imensa clareza, esquecendo-se de prestar atenção nas mulheres da Bíblia que foram capazes de quebrar nuitas barreiras e colocarem seus nomes nos registros bíblicos, apesar de que muito do que conhcemos hoje chegou até nós por via oral e não verbal.
Muitas mulheres foram audaciosas e colocaram seu nome na história sim, apesar de negar-se a elas esta fama ou responsabilidade. Na verdade quaando certos cristãos citam mulheres na Bíblia, falam das que se destacaram por seus erros: Jesabel, Dalila, Atalia, e outras, e, existem alguns pregadores que quando falam das santas mulheres alegam mais seus erros que suas atitudes que as fizeram aparecer nos registros bíblicos.
A maior bravata de certos pregadores contra a beleza feminina, está registrada em versículos mal interpretado por eles e alguns teólogos – porque na verdade a Teologia te ensina mais o obvio do que as mensagens que servem de fato para uma pessoa crescer como pessoa e como cristão. Sim, a Teologia para uma pessoa limitada, só ensina o conhecimento básico, não intensifica o desejo de pesquisa. Por isto alguns pregadores erram em sua spregações e os demais seimplesmente perpetuam estes erros.
A Igreja Evangélica não pode criticar o mundo mulçumano, nem a Igreja católica e as demais religiões do mundo que sem observar a Palavra de Deus de fato, deturparam o verdadeiro significado da Fé e da Religião, simplesmente porque muitas denominações não aceitam a participação da mulher no ministério. Se não permitimos que as mulheres que é uma parte maior da populaçào participe dos trabalhos da Igreja, somos tão reacionários quanto os católicos que durante a Inquisição matavam as mulheres, os judeus e os cristãos por motivos absurdos.
Se impedimos que elas cresçam como indivíduo, como obreiras, estamos agindo da mesma forma que os muçulmanos que castram suas mulheres, e acabam com suas vidas e autoestima.
O Cristianismo peca em algumas Igrejas hoje ainda incentivando as mulheres a cuidarem apenas do lado espiritual, deixando de prestar atenção em si. Para eles beleza é sinônimo de vulgaridade. Então incentivam as mulheres cristãs a terem um porte humilde – humildade não é desleixo ou pobreza – na verdade a palavra humildade – vem de humus, filho da terra, e quer dizer cordato, desprovido de vanglória. Bem, cuidados com o corpo, além da higiene, são necessidades pessoais das quais não devemos abrir mão.
As esposas só podem se arrumar para seus esposos, se antes aprenderem arreumarem para si também, a gostarem de si. O mundo vulgarizou os cuidados com a estética, a Igreja os castrou, justo a Noiva de Jesus, que como seu noivo deveria quebrar barreiras, esta sempre aumentando os jugos sobre os fiéis, principalmente se estes são mulheres.
A fofoca, o disse-me-disse e a confusão levam ao inferno, as vestes belas, banho, perfumes e a maquiagem não.
A beleza é algo importante sim para as famílias e, principalmente para as mulheres e deve ser respeitada sim pela Igreja.
Na verdade a Igreja precisa sim gerar não só encontro de casais ou de pais e filhos em seus templos, tem também que possibilitar que as pessoas ao redor da Igreja encontre dentro dela serviços de Orientação de Saúde, Adminstração de Tempo e Dinheiro, Cursos Profissionalizantes e outros serviços que possibilite as pessoas viverem de forma melhor na Sociedade.
Gosto de minha Igreja por isto. Nosso Pastor sempre possibilitou que médicos, técnicos de Saúde e outras modalidades fizessem exames e Palestras na Igreja. Muitas camapnhas de óculos mais baratos foram feitas na Igreja e as pessoas, cristãs ou não participaram e sairam de lá realizadas.
Não há pecado algum em uma boa higiene, mãos, pés e pele bem cuidados, roupas apropriadas e novas até, uma postura graciosa, atraem as outras pessoas e evangelizar é fazer marketing de um modo de vida, e ninguém quer para si algo ruim, que não lhes agrade ou os complete.
Um coração feliz atenua na pele os efeitos do tempo, as rugas até, mas um bom creme é de grande ajuda. Uma mulher bem cuidada demonstra não só a sua fé, como também sua postura segura, sua vivacidade.
Uma boa roupa, cabelos arrumados e uma boa maquiagem não garantem sua comunhão com Deus, mas proporciona a você a segurança necessária de transitar pela vida de forma a sentir-se melhor como pessoa, a estar melhor em seu lar ou ambienete de trabalho.
Uma dieta adequada e exercícios físicos não te distanciam mais ou te aproxima de Deus, mas ajuda a se sentir melhor para executar suas tarefas do dia a dia e na Obra do Senhor.

Gratos pelo cometário

Siga-nos no Twiiter