Translate / Traduza

domingo, 11 de dezembro de 2011

Mãos vazias?

Mãos Vazias?


Êxodo - 23:15
"Celebrem a festa dos pães sem fermento; durante sete dias comam pão sem fermento, como eu lhes ordenei. Façam isto na época determinada do mês de abibe, pois nesse mês vocês saíram do Egito. "Ninguém se apresentará a mim de mãos vazias.
Fazer algo para Deus é um de nossos objetivos, mas infelizmente estamos escolhendo o que fazer. Não aceitamos gerir algo menor do que cremos ser de nossa capacidade, mas servir a Deus vai além do que imaginamos, pois devemos fazer o que se faz necessário e não o que queremos.
O Apóstolo Paulo mesmo sendo um sábio, com maiores conhecimentos que os demais obreiros de então, aceitou servir a Deus mesmo em cadeias. Passou preso grande parte do tempo de seu ministério, agiu de foma concreta para que o Evangelho chegasse até nós e, mesmo sendo um homem letrado, que podia escolher onde trabalhar ou outra forma de agir, aceitou fazer tendas, para adquirir seu sustento – embora tenha recebido em algumas ocasiões ajuda das Igrejas que formava – mas não se importava como, para ele o que valia era fazer a Obra do Senhor.

Ele respeitava as pessoas das cidades, respeitava as tradições e costumes e, apenas ensinava ao povo das cidades que visitavam, a forma ideal de servir ao Senhor.

Aproevite a oportunidade de fazer

Deus coloca em nosso caminho algumas oportunidades de precisamos de exercermos alguns trabalhos dentro de sua Obra. Devemos encarar com maturidade, entregar-nos às elas, mesmo que nos pareça pequenas tarefas, pois na Obra do Senhor não há nada pequeno. E, infelizmente nos deixamos levar pela ideia de pequenez e nada fazemos ao Senhor.

Não adianta cantarmos que nossas mãos estarão vazias quando nos encontrarmos com Jesus e nada fazermos para mudar a situação.

Agora é a hora de arregaçar as mangas e fazer algo urgente.
O campo está branco para ceifa, agora é a hora de irmos ao trabalho final.






Gratos pelo cometário

Siga-nos no Twiiter